brincadeiras calmas

Brincadeiras calmas para sala de aula

Separei para você várias ideias de brincadeiras calmas que faço com meus alunos. Diariamente eu coloco uma dessas brincadeiras na rotina, além de estimularem várias aprendizagens ainda são ótimas para acalmar as crianças ante de darmos início a um trabalho que necessite concentração. E também enquanto terminamos alguma atividade mais cedo e precisamos esperar alguns minutinhos par o lanche ou a saída.

Brincadeiras calmas para sala de aula:

1. Passe a argola:

Objetivos: cooperação, concentração, coordenação motora fina, fortalecimento dos músculos da face, atenção visual.

Material: canudos ou palitos para cada criança. 1 argola (pode ser aquela parte que se solta da tampinha da garrafa, ou uma argola feita com papel torcido e encapado com fita adesiva).

Idade: a partir dos 3 anos.

Como brincar: Coloque as crianças sentadas em círculo. Entregue um canudo ou palito para cada criança. As crianças devem passar a argola para o colega do lado apenas usando o palito. Ou seja de palito pra palito. Quando cair a argola a criança pode ter que cantar uma música ou falar uma palavra como uma fruta, ou um animal. Para crianças maiores, desafie-as a segurarem o canudo ou palito com a boca e passar a argola desde modo.

2. Quem tem o chocalho:

Objetivos: percepção auditiva, atenção, capacidade de fazer silêncio, noção de localidade, autocontrole.

Material: um chocalho (pode ser os feito com garrafas ou até um brinquedo de bebê)

Idade: a partir dos 4 anos.

Como brincar: Coloque as crianças sentadas em círculo com uma criança ao meio. Enquanto essa esta com os olhos fechados a professora entrega o chocalho para uma das crianças do círculo que o deve esconder nas costas. Todas as outras crianças devem estar também com as mãos para trás. Quando a criança abrir os olhos, se sacode o chocalho e a criança tem que descobrir quem está com o chocalho, seguindo apenas seu som. Se acertar, outra criança vai para o centro e a brincadeira continua.

3. Passe a bola:

Objetivos: atenção motora, cooperação, atenção auditiva, agilidade, firmeza ao pegar a bola, lateralidade.

Material: 1 bola

Idade: a partir dos 4 anos.

Como brincar: Com as crianças sentadas em círculo, elas passam de mão em mão uma bola. Ao sinal da professora a bola deve mudar de direção. E assim a bola vai mudando de passar da direita para a esquerda e vice-versa. Para crianças maiores, após esse momento, pode-se colocar duas bolas, cada um passando por um lado. Aumentando a intensidade da concentração e agilidade necessária.

4. Diga uma palavra:

Objetivos: atenção, memória, classificação e categorização, vocabulários, raciocínio rápido.

Material: nada

Idade: a partir dos 4 anos.

Como brincar: Usando o próprio lugar das crianças nas carteiras ou sentadas em um círculo. A professora diz uma categoria: Diga o nome de um animal, uma palavra que inicie com E, uma palavra com duas sílabas. (use categorias de acordo com o nível de sua turma). Uma criança por vez deve dizer uma palavra diferente dentro da categoria. Se a criança errar ou não souber mais palavras ela pode pagar uma prenda como cantar uma música ou imitar um animal.

5. Pedra, papel e tesoura

Objetivos: estratégia, atenção, seguir regras, concentração, agilidade, percepção de materiais.

Material: nada

Idade: a partir dos 5 anos.

Como brincar: Divida a turma em duplas ou trios. Ensine a brincadeira e deixe que as crianças brinquem. As crianças podem fazer uma lista com seus nomes e irem marcando pontos toda a vez que ganham, para ao final de um tempo vejam quem ganhou mais vezes.

Regras: As crianças levam uma das mão ao centro da roda. Elas podem por pedra (punho fechado), tesoura (mostrando dois dedos como uma tesoura) ou papel (a palma da mão aberta). Deve-se observar o que cada um colocou ao centro da roda para ver o vencedor da rodada.

Papel enrola pedra, assim ganha de pedra. Tesoura corta papel, assim ganha de papel. Pedra quebra tesoura, assim ganha de tesoura.

6. Desenho no escuro:

Objetivos: percepção corporal, concentração, motricidade fina, noção de localização, visualização mental, desenvoltura, paciência por esperar sua vez.

Material: uma tira larga de tecido escuro, giz e quadro.

Idade: a partir dos 6 anos

Como brincar: Chama uma criança no quadro, cobre-se seus olhos e diz para ela desenhar algo específico. Com os olhos cobertos a criança deve tentar desenhar o que foi pedido. Depois outra criança é chamada e assim por diante. As crianças acham divertido esse desafio.

7. Mímicos:

Objetivos: atenção, estratégia motora, classificação, atenção visual, memória visual, paciência.

Material: nada.

Idade: a partir dos 4 anos.

Como brincar: Chame uma criança a frente e lhe diga em segredo o nome de um animal, objeto, profissão (de acordo com a categoria que deseja trabalhar). A criança deve representar esse objeto por mímica e os outros devem adivinhar o que é. Quem acertar será o próximo a ser o mímico.

Gostaram dessas brincadeiras calmas para sala de aula? Comentem.

Abraços, Shana Conzatti.

Comments

comments

2 comments

  1. Antes de mais nada atribuir um sentido a esse aprendizado.
    Isso tem que ser passado para eles de forma.clara,ou seja, com uma linguagem adequada .

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *