CARRETEIRO DE CHARQUE

CARRETEIRO DE CHARQUE

Carreteiro de Charque é uma comida típica do Rio Grande do Sul. E faz parte da nossa história. Os carreteiros (mercadores ambulantes)  que se locomoviam  em carretas puxadas por bois, pelo sul do  Brasil precisavam de uma alimentação prática, fácil de fazer e que fosse nutritiva. Para isso, cozinhavam em panela de ferro uma mistura de charque picado (guisado) com arroz. Usavam o charque, pois por ele ser salgado e abundante na época, durava muitos dias sem precisar de conservação.

Salgar a carne para conservar é um dos processos mais primitivos existentes. Como nos tempos antigos não existia refrigeração,  era necessário salgar a carne para durar mais tempo. Existem diferenças no modo de preparo e a quantidade de sal entre a carne de sol, o charque, e a carne seca, mesmo que elas sejam pequenas. O charque é um produto típico gaúcho, enquanto a carne de sol e a carne seca são encontradas nas regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Com o tempo, foram sendo acrescentados alguns temperos, ao carreteiro de charque, que no início era só com arroz e charque picado, possibilitando um sabor mais apurado. E dependendo de quem faz ou da região, pode-se colocar ou retirar alguns temperos.  Segue abaixo, a minha receita de Carreteiro de charque. Aconselho,  já deixar os ingredientes picados antes de começar a fazer a receita, evitando assim contratempos, enquanto pica, como queimar, outros que já estão sendo  cozidos. Espero que gostem!!! Bom apetite!

INGREDIENTES

·         500gr de charque picado (usei o light, que tem menos gordura) e dessalgado (ver no modo de preparo)

·         3 xícaras de arroz parbolizado

·         2 cebolas grandes descascadas e picadas

·         2 tomates grandes picados

·         1 pimentão verde picado

·         4 dentes de alho descascados e picados

·         2 colheres (de sopa) de azeite, banha ou óleo

·         3 xícaras de água

·         3 xicaras da segunda água da fervura do charque  (ver no modo de preparo)

·         2 a 3 gotinhas de molho de pimenta forte ( opcional)

·         2 a 3 ovos duros e uma xícara de salsa picada para enfeitar depois de pronto

MODO DE PREPARO

   Para dessalgar o charque, coloque uma panela com água pra ferver. Depois coloque o charque já picado  e deixe ferver por uns 10 minutos. Ao final deste tempo, escorra o charque numa peneira e descarte a água da panela. Enxague a panela , coloque o charque e água suficiente para cobrí-lo ( mais ou menos umas 3 a 4  xÍcaras de água), deixe ferver por mais uns 5 minutos. Escorra ele numa peneira e reserve a água que sobrou. Não coloque  esta  água fora.

Modo de preparo do carreteiro: Em uma panela de ferro grande, refogue no azeite, a cebola, o alho e o charque, mexendo pra não queimar. Coloque o arroz e dê uma refogada rápida. Por fim coloque o pimentão e depois os tomates e refogue rapidamente. Acrescente 3 xícaras de água e 3 xícaras da água reservada da segunda fervura do charque. E as gotas do molho de pimenta. Não coloque sal. Deixe ferver, com panela semi tampada e abaixe um pouco o fogo. Por uns 10 a 15 minutos ou até que a água seque e o arroz esteja mole. Apague o fogo. Tampe a panela e deixe descansar uns 5 a 10 minutos. Sirva quente, Enfeitado com salsa e ovo duro picados, puro ou com saladas verdes.

Rendimento:  aproximadamente 40 minutos

Tempo de Preparo : 6 a 7 porções

Veja mais receitas AQUI.

Interessados em atividades para fazer com seus alunos sobre o tema: Semana Farroupilha? AQUI.

Comments

comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *