Mim, Eu ou Me

Mim, Eu ou Me? Use corretamente: dicas para sala de aula.

Em tempos de internet escrevemos diariamente, assim como nossos alunos. Por isso, conhecer as regras básicas do português é essencial. Trago dicas para os professores usarem em seu cotidiano e também para orientar seus alunos como e quando usar o Mim, Eu ou Me.

Quando usar Mim, Eu ou Me:

MIM:

  • Pronome oblíquo, SEMPRE seguido de preposição: para, a, de, se, por…
  • Costuma estar ao final da frase.
  • NUNCA conjuga verbo, ou seja MIM não faz nada, MIM não pede ajuda, MIM não agradece…. (Use o ME ou o Eu nestes casos).

Exemplos:

Ele mandou uma mensagem para mim. (usado antes da preposição para).

Essa discussão será resolvida apenas entre mim e você. (antes da preposição entre).

ME:

  • Pronome oblíquo, usado SEM preposição;
  • Representa a primeira pessoa do singular: eu
  • Está SEMPRE associado ao verbo.

Exemplos:

Obrigada por ME adicionar. (relacionado ao verbo adcionar)

Você pode ME ajudar? (relacionado ao verbo ajudar)

Deixe-ME sozinha. (relacionado ao verbo deixar).

EU:

  • SEMPRE vem antes do verbo e o conjuga.
  • É o sujeito da ação (quem faz algo).

Exemplos:

Aquela apresentação é para EU fazer. (quem faz a apresentação é eu, nunca mim).

Quando eu for embora feche a porta. (quem vai embora sou eu).

MIM e EU (comparação)

a) Você trouxe o sanduíche para eu comer. (Usa-se o eu, pois existe um verbo depois. “Eu que vou comer”)

b) Você trouxe o sanduíche para mim. (Usa-se o mim, pois não tem nenhum verbo que conjuga o mim nesse caso.)

MIM e ME (comparação):

a) Você pode ME dar dicas de atividades? (ME antes do verbo, indica que EU estou fazendo a ação).

b) Você pode dar dicas de atividades para MIM. (mim antes de preposição e não conjugando o verbo).

Mim, Eu ou Me: Dicas para sala de aula

1) Atenção à oralidade:

Quando seus alunos cometerem o erro de trocar o mim, eu ou me ao falarem, repita a sentença de modo correto. Assim a criança vai percebendo desde a Educação Infantil a estrutura correta, mesmo sem conhecer as regras.

2) Regras básicas:

Antes mesmo da criança perceber os conceitos de pronomes, conjugação de verbo. Você pode usar a estratégia de brincar com o “MIM não faz nada” e repetir a frase usando o ME de forma correta.

Quando iniciar com as regras de nossa língua, enfatize que o som, escrita e função do MIM e do ME são coisas completamente diferentes. Em algumas culturas o som do ME soara como MI, sendo ainda, ainda mais importante mostrar que o MIM (com m no final) é uma outra palavra tem outra função.

3) Substituição na frase:

Quando trabalhar com aquisição dessa regra, você pode trazer exemplos de frases ou jogos em que a criança tenha que escolher qual a palavra certa a colocar entro o MIM, EU e ME.

E mais adiante, proponha que mude a frase com a palavra Me para se usar o MIM (como nos exemplos dados no Me e mim, comparações).

Você tem outras dicas de como ensinar essa regra aos seus alunos? Compartilhe conosco nos comentários.

Obs.: são dicas para ajudar nossos alunos, não se torne um chato nas redes sociais corrigindo os adultos em todos os lugares.

Abraços, Shana Conzatti

Comments

comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *