Educa Criança

O que é o Natal?

                                        Se você perguntar pra uma criança pequena, certamente ela vai responder que é quando o Papai Noel traz presentes. E por isso muita gente diz que é só uma época de consumismo. Realmente será, se criarmos as crianças, só querendo brinquedos e coisas caras.

                                        Muito triste que o Natal hoje em dia seja só lembrado com figuras de Papai Noel, bonecos de neve, renas, enfeites, árvores, luzes e presentes. Tudo isto é muito bonito, mas está faltando alguém mais ser lembrado. Quem? Ele, o aniversariante, menino Jesus. Falta lembrar todos os seus feitos, sua bondade, sua vida. Dirão alguns: – Mas existem várias religiões e nem todas acreditam que Jesus existiu. Mas, mesmo respeitando outras religiões, esta data está ligada ao nascimento Dele e não tem como negar. Não é preciso acreditar nisso se você ou as crianças não são cristãos, mas é necessário que as crianças pelo menos saibam o que é comemorado nesta data. E respeitem as crenças dos outros, mesmo que diferentes das suas. E que no mínimo entendam o verdadeiro espírito da data, que é o Amor que deve ser compartilhado com todos os seres do nosso Planeta! E vejam a necessidade  de que os seres humanos se respeitem e se amem, como irmãos. Só assim muitas guerras e disputas serão evitadas, e o mundo poderá viver em paz!

                                        Natal deve ser uma festa de família, de amigos, de perdão, de união e de aconchego familiar! Então é um bom tempo para envolver todos os membros da família,  da escola, do serviço, da comunidade, de alguma associação ou grupo formado, durante o ano ou ao longo da vida. É o momento de compartilhar amor, alegria, solidariedade. E de ensinar as crianças a importância desses valores, bem mais do que do valor do presente que elas irão ganhar. Então é o momento, em que se o dinheiro está curto, dá para  fazer um amigo secreto , que pode ser bem baratinho, mas que sejam lembranças dadas com afeto e amor; pode ser a solução. É quando se ensina as crianças que não é o valor dos presentes que importa, mas o porquê o presente foi dado, isto é, porque tem pessoas que gostam delas. Outro dia vi um comentário no ônibus, onde uma senhora, no banco da frente do meu, contava para outra que o neto pedira um laptop e que ela estava muito preocupada, pois ela tinha vários netos e que se os outros também quisessem, ela gastaria todo o dinheiro do mês,  trabalhado com faxinas, só para pagar os presentes. Há um tempo atrás vi um pai dizendo que os filhos tinham pedido coisas tão caras que ele teria que fazer um empréstimo com o patrão pra poder comprar, ou se endividar no cartão de crédito. Ele não queria que os filhos se frustrassem. As crianças tem que aprender o valor do dinheiro, desde pequenas. Tem que saber que os pais trabalham muito para poder dar presentes para eles. E que mesmo assim, nem sempre conseguem comprar o que eles pediram. E mesmo para aqueles pequenos que ainda acreditam em Papai Noel, pode ser falado algo de modo que eles entendam, como: que o Papai Noel tem muitas crianças pra dar e por isso os pais tem que ajudar a comprar os presentes e por isso não podem ser coisas caras. As crianças devem desde pequenas, serem criadas, dando valor para presentes de todos os preços e tamanhos. E devem aprender que muitas vezes, não vão poder ter tudo o que quiserem, pois se deve  ensinar os filhos para a vida e na  vida eles  terão que passar por várias frustrações e sobreviverem, apesar de tudo!

                                         É uma época em que todos podem ajudar na decoração da casa, até mesmo as crianças menores ,  a comprar e embrulhar os presentes, fazer convites e cartões,  ou mesmo fazer os doces e  as comidas que serão servidas no Natal, lógico que com a supervisão de um adulto para evitar acidentes! Não percam a chance de estar com as crianças e os adolescentes nestes momentos, pois a vida passa muito rápida e logo, logo, eles vão construir suas vidas e você sentirá falta dos momentos não vividos!

                                        Vejam, aqui, algumas decorações simples e baratas, para fazer na sua casa ou escola, e torná-la mais alegre e bonita. E as nossas sugestões de receitas de Natal: Sanduíche e brigadeirão!

 

                                         O Natal só existe, porque Jesus Cristo nasceu, então independente das tradições religiosas da família, nada impede que pais e filhos não possam ler a história do nascimento dele, em livros  ou na Bíblia. Vocês podem sentar perto da árvore de Natal  e fazerem um presépio de papel  ( veja aqui um presépio para copiar e pintar, e se quiserem, recortar cada personagem; ou as crianças mesmas desenharem os personagens  ) e pedir que as crianças teatralizem com as pecinhas, à medida que a história esteja sendo contada. Eles vão adorar! Pode-se uns 3 dias antes do Natal, se reunir  todos os dias desta maneira e lerem outros contos de Natal e as crianças desenharem os personagens, recortar e pendurar na árvore ou num varal na parede o que fizeram. (Salve a imagens do presépio e imprima)

                                           E que tal aproveitar a data para ensinar amor ao próximo e solidariedade? Nesta data tem várias maneiras de  ensinar os filhos ou os alunos a se doarem um pouco aos outros, como: a criança ou adolescente ir com alguém no correio, ler algumas cartinhas,( olha aí um incentivo à leitura!), das crianças menos favorecidas e escolher uma ou mais para dar os presentes solicitados. Eles podem até fazer um cofrinho e guardar moedas e/ou dinheiro durante o ano, com  esta finalidade ( olha aí o incentivo à poupança, à matemática, à solidariedade e a saber o valor do dinheiro! ). Que tal todos os anos a criança ou adolescente escolher uma roupa ou um brinquedo que ele não usa, mas que está em bom estado, para dar para alguém que precise ou não vá ganhar nada? E se você incentivar a família, a escola ou  a comunidade a ir em uma instituição e usar seus talentos, para alegrar as pessoas ou para fazer um mutirão para fazer algo por alguém? Meus filhos,  escoteiros desde pequenos, muitas vezes juntaram brinquedos e guloseimas e foram , junto com o grupo escoteiro em instituições de crianças, para contar histórias e brincar com crianças órfãs, nas instituições. Ou asilos de velhinhos e cegos, conversar, cantar, dançar,  e tocar violão e levar algumas lembrancinhas feitas pelas crianças ( como biscoitinhos ou enfeites de Natal ), ou comprar pequenos agrados ou coisas que eles necessitam, como sabonetes, talcos, pomadas, shampoos e outros materiais de higiene e perfumaria.  Não sei quem falou esta frase, mas ela é muito verdadeira e deve nos levar a pensar : “Ao invés de pensar que mundo vamos deixar para nossos filhos, devemos refletir, que filhos deixaremos para este mundo!!! “ Com filhos  melhores, certamente teremos um mundo muito melhor, pois não  adianta deixar um mundo maravilhoso se as pessoas não souberem ou não quiserem cuidar.

                                             Este texto é só um lembrete sobre como pode ser rico, alegre e solidário o Natal, mesmo que sem muito dinheiro para gastar! Espero que vocês possam estar com suas famílias. E esquecer as brigas, se houverem. E  vivenciar este momento tão belo com suas famílias!!! Que o Amor seja o bem maior distribuído entre as pessoas! Um FELIZ NATAL e um  grande abraço a todos que acompanham nosso blog e a suas famílias e amigos!!!! Lilian Giulian Conzatti

                         Ho, Ho, Ho!  Um Feliz e abençoado  Natal!

                        “  Muito amor e Paz pra você! Pra você!!!! “

                           É o que lhes desejamos, Lilian Giulian Conzatti, Shana Conzatti e Ohanna Conzatti

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: