dinâmicas

Dinâmicas para reunião com pais na escola

Juntei algumas dinâmicas rápidas e legais para fazer com os pais antes de iniciarmos uma reunião na escola. Espero que gostem:

Por quê fazer uma dinâmica?

Normalmente os pais ao chegarem na reunião estão tensos por achar que irão ouvir coisas negativas de seus filhos, ou pelo simples fato de não terem tanta afinidade com a escola.

Então, um bom motivo para iniciar uma reunião com uma dinâmica é fazer com que os pais relaxem e criem um vínculo positivo entre eles, com a professora e com a escola.

Importante: sempre tenha o cuidado em não escolher dinâmicas que exijam uma exposição pessoal. Há pais que não se sentem a vontade em falarem de suas vidas, sonhos, convicções, medos… Afinal a ideia da dinâmica não é uma terapia familiar.

Dinâmicas para reunião de pais:

Teia de aranha:

Material: Novelo de lã ou de barbante.

Objetivo: Mostrar a importância da participação de todos na educação.

Forme uma roda com os pais em pé. Proponha que quem estiver com o novelo diga uma palavra que represente as expectativas sobre a escola ou sobre o aprendizado do seu filho, em seguida jogue o novelo para outro pai na roda. Todos que já falaram devem continuar a segurar a lã. Assim até todos falarem e formar uma teia.

Comente sobre a importância de todos nesse momento, que se alguém soltar a lã a teia não se forma. E que as relações são como teias, umas influenciam as outras, por isso a importância de todos participarem, serem exemplos e dar apoio uns aos outros. Deixe os pais que quiserem falarem sobre isso.

Bala Fechada:

Material: Balas que abram dos dois lados.

Objetivos: Mostrar a importância da união entre escola e pais, e entre os pais.

Coloque os pais em círculo e entregue uma bala para cada um. Comente que cada lado da bala representa uma parte importante da educação. Uma é os pais e a outra a escola. Pergunte se eles conseguem abrir a bala com apenas uma mão, deixe que tentem. Então vá até os pais e ofereça ajuda. Mostrando assim que em dupla será mais fácil abrir a bala.

Deixe também que os pais se ajudem a abrir as balas. Depois comente sobre como é importante a colaboração de todos. Que a educação é como essa bala, se estamos sozinhos fica difícil, mas se criarmos uma parceria podemos resolver as dificuldades e alcançar o prêmio.

Balões:

Material: balões, papel e caneta

Objetivo: Expressar ideias sem constranger ninguém e aumentar a interação entre os pais.

Entregue um balão vazio e um pedaço de papel com caneta para cada pai/mãe. Diga para eles escreverem no papel o que esperam da escola, ou quais as dificuldades que encontram para lidar com seus filhos, ou ideias de como eles podem ajudar a aprendizagem do seu filho… Escolha o tema conforme o seu interesse dos assuntos a serem abordados na reunião.

Ajude os pais a colocarem os papéis dentro dos balões, encher e amarrar. Coloque uma música animada e diga para eles jogarem os balões uns para os outro. Depois que os balões se misturarem, pare a música e diga para eles estourarem os balões em suas mãos.

Uma pessoa por vez lê o que tem no papel de seu balão. A professora pode ir escrevendo no quadro a lista do que foi dito para conversarem depois. Depois que todos lerem, comente sobre a importância de cada palavra e questione aos pais o que acham, de modo geral, sobre o que foi dito. E o que eles podem dizer sobre as soluções, dúvidas e expectativas a cerca do assunto.

Aproveite essas palavras para guiar sua reunião ou as futuras, pois já terá ideia das dúvidas dos pais.

Qual é seu filho?

Material: Foto da criança e papel pardo.

Objetivo: fazer os pais refletirem o quanto prestam atenção nos detalhes de seus filhos e também pra descontrair.

Escolha se você quer que os pais reconheçam o olhar o ou o sorriso da criança. Imprima as fotos do rosto da criança em tamanho meia folha. Cubra a foto com um papel pardo deixando a mostra apenas os olhos ou os sorrisos da criança. Distribua as fotos sobre uma mesa ou cole na parede.

Solicite aos pais que descubram qual entre aqueles olhares ou sorrisos é o do seu filho. Pode-se por uma mensagem sobre a importância do olhar, ou do sorriso, ou da afetividade atrás da foto para os pais levarem para casa.

No lugar da criança:

Material: organização de alguma brincadeira ou de um jogo que é realizada normalmente com as crianças,  com dificuldade adequada para os adultos.

Objetivos: Mostrar para os pais como é possível aprender através do lúdico. E como na escola brincar não é perda de tempo.

Convide os pais a participarem de alguma brincadeira que você usa para ensinar letras, números, concentração… Modifique a brincadeira para que a dificuldade seja adequada aos pais. Por exemplo: Um limão entrou na roda, em que cada vez que alguém fica com o limão deve falar um palavra que inicie com a letra que a palavra dita anteriormente  tenha terminado.

Pode ser uma brincadeira bem rápida ou uma espécie de gincana. O essencial é que os pais percebam como as brincadeiras ensinam até mais do que uma atividade escrita. Ao final da brincadeira questione que habilidades foram trabalhadas ali. Pode-se finalizar entregando uma pequena mensagem sobre a importância do brincar.

Que outras dinâmicas vocês já fizeram em reunião que deu super certo? Conte-me nos comentários. Abraços, Shana Conzatti.

 

Comments

comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *