Educa Criança
reflexão sobre avaliação

Reflexão sobre avaliação na educação

             Fazer o parecer descritivo é a dor de cabeça de todo o professor. Por mais anos de experiência que temos, sempre mantemos algumas dúvidas. Por isso preparei essa reflexão sobre avaliação escolar para que possamos pensar juntos sobre esse tema complexo.
           A avaliação escolar  não precisa ser taxativa e classificatória do aluno, e sim pode se transformar na reflexão da prática do professor juntamente com a do próprio processo de aprendizagem do aluno.
        Realizando, assim, uma avaliação emancipatória que tem a função de nortear o aluno e professor sobre o desenvolvimento das aprendizagens, situando o erro (o que ainda não alcançou cognitivamente ou afetivamente) como auxiliador do processo de aprendizagem.
“Sendo a avaliação um olhar interpretativo e singular, somente ao escrever o professor reorganiza e enuncia suas próprias concepções pedagógicas e significados atribuídos ao que observou e interpretou da cada aluno, revelando o que considera importante, tento em relação ao fazer pedagógico, quanto sobre os desempenhos individuais.” (Hoffmann, 2005, p.51)

  Cuidados na construção da avaliação:

  • Numa avaliação primeiramente se escreve as qualidades do aluno, o que a criança aprendeu de positivo, para após situar os pontos a serem melhor desenvolvidos.
  • As atividades pedagógicas realizadas em sala de aula devem ser invocadas durante a avaliação, para situar o leitor, utilizando-as como exemplo para demonstrar o que a criança conseguiu e não conseguiu alcançar, demonstrando qual era o objetivo que a professora queria atingir com esta atividade. Utilizando os termos que auxilie o leitor a compreender que se a criança não conseguiu em determinado momento, poderá conseguir em outro, ou em outra atividade, cuidando para não rotular a criança.
  • Indisciplina não significa não aprendizagem. O erro não é algo estável e sim provisório, pois pode ser mudado. Toda a aprendizagem realizada deve servir ao desenvolvimento do indivíduo no momento presente ou futuro.
  • Anotar observações que pareceram relevantes de algumas crianças em determinadas atividades pedagógicas, auxilia o professor a pensar sobre as reais necessidades de cada criança na confecção da avaliação.

      Parecer como instrumento de reflexão:

       O relatório deve servir como instrumento de reflexão sobre a prática e a rotina, além de constar o desenvolvimento das crianças e da aula por isso deve conter:
  •      as atividades propostas. Não pode ser avaliado o que não foi feito.
  •      as explicações breves  dos assuntos/conteúdos trabalhados
  •    reações da criança durante as atividades e a rotina (Nem sempre aceita a solicitação da professora; mostrou-se curiosa; tentou fazer sozinha…).
  •    trechos das falas das crianças, se for do agrado da professora, para ilustrar a aprendizagem com determinado momento ou atividade.
  •      como a criança era ao chegar na turma, como ela está no momento e qual o papel da professora nessa mudança: o estimulei a tentar realizar sozinho…
  •       a exemplificação de momentos que caracterizam a criança: mais quieta, líder…
  •       como reage quando é solicitado, contrariado, em grupo, em atividades individuais…
  •       o grau de autonomia
  •       em qual situação o aluno apresenta-se: bravo, triste, disposto e o que a professora faz para solucionar o problema. (conversei com ele, esperei ele se acalmar para depois…)

Esta foi uma sucinta reflexão sobre avaliação. Espero que tenha te guiado para algo produtivo. Vamos conversar nos comentários sobre o assunto.

Deseja mais dicas de avaliação? Clique aqui.

*Bibliografia de apoio: Jussara Hoffmann; O jogo do contrário em avaliação; Ed. Mediação, POA, 2005

Abraços, Shana Conzatti.

Recebas as novidades de atividades, projetos e brindes em seu e-mail, se inscreva em nossa Newsletter!

http://educacrianca.com.br/lojinha/

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: