Educa Criança
Atividades para o dia do trabalhador

Atividades para o dia do trabalhador: poema de Vinícius de Morais

O assunto profissões faz parte do cotidiano escolar, pois todos, crianças e adultos, estão de algum modo cercados por trabalhadores de todos os tipos. Mas no 1° de Maio essa discussão se intensifica, deste modo organizei  atividades para o dia do trabalhador, voltada para o Ensino Fundamental, utilizando um poema de Vinícius de Morais.

Poema “O operário em construção”

O poema é longo, sendo assim, fiz alguns cortes deixando as partes que penso serem de melhor compreensão para o Ensino Fundamental I. Contudo, se desejarem trabalhar todo o poema, AQUI (Poema juntamente com texto reflexivo que pode ajudar o professor a iniciar a discussão em sala de aula).

O operário em construção

Era ele que erguia casas
Onde antes só havia chão.
Como um pássaro sem asas
Ele subia com as asas
Que lhe brotavam da mão.
(…)

Mas ele desconhecia
Esse fato extraordinário:
Que o operário faz a coisa
E a coisa faz o operário.
De forma que, certo dia
À mesa, ao cortar o pão
O operário foi tomado
De uma súbita emoção
Ao constatar assombrado
Que tudo naquela mesa
– Garrafa, prato, facão
Era ele quem fazia
Ele, um humilde operário
Um operário em construção.

(…)
O operário emocionado
Olhou sua própria mão
Sua rude mão de operário
De operário em construção
E olhando bem para ela
Teve um segundo a impressão
De que não havia no mundo
Coisa que fosse mais bela.

Foi dentro dessa compreensão
Desse instante solitário
Que, tal sua construção
Cresceu também o operário
Cresceu em alto e profundo
Em largo e no coração

(…)
E em cada coisa que via
Misteriosamente havia
A marca de sua mão.
(…)
Agigantou-se a razão
De um homem pobre e esquecido
Razão porém que fizera
Em operário construido
O operário em construção

(Poemas de 1956, Vinícius de Morais)

Atividades para o dia do trabalhador

Interpretação do texto e suas expressões:

  1. Leia para sua turma o poema inteiro ou apenas os trechos selecionados, para que as crianças apreciem a musicalidade e possam se concentrar apenas na mensagem do poema.
  2. Faça coletivamente a interpretação do poema: questione sobre o que eles compreenderam.=? Sobre o que fala o poema? Qual a importância do operário? Por que ele percebeu que suas mãos são belas? Deixe as crianças exporem suas ideias, anote-as no quadro.
  3. Questione sobre as profissões dos pais das crianças. O que cada profissão “constrói”, traz de bom para nossa sociedade? Não esqueça de valorizar as profissões que estão na base, como construtores, lixeiros, faxineiros… Questione como seria o mundo se essas profissões ou outras não existissem?
  4. Traga a diferença da expressão “em construção” e “construído” do final do texto. Incentive a discussão do que é estar em construção (o fato de estarmos a a se tornar algo e o de se perceber como responsáveis por nossas aprendizagens).

Trabalhando conceitos pedagógicos:

  1. Entregue partes do poema para as crianças. Peça para identificarem as palavras que rimam, que procurem no dicionário palavras que não compreendem.
  2. Cada criança pode ler uma linha do poema ao grande grupo e depois refazerem uma leitura coletiva.
  3. Destaque palavras do texto para trabalhar conceitos pertinentes ao ano escolar: separar sílabas, passar para o masculino, sinônimos…
  4. Questione as crianças que coisas importantes elas podem fazer com suas mãos. Proponha que desenhem o contorno de suas mãos e dentro desta que desenhem e escrevam palavras, uma frase, ou um pequeno texto contanto o que podem fazer com suas mãos para ajudar os outros. Monte um cartaz com as mãos.
  5. Explique sobre a forma de escrita “Poema” e proponha que cada criança ou que em grupo construam um pequeno poema sobre qualquer profissão que escolham, tendo atenção para as rimas.

Mais atividades sobre profissões, AQUI.

Planos de aula e Projetos variados para Educação Infantil e Ensino Fundamental I com atividades incríveis e atualizadas para a BNCC, AQUI.

Bons poemas para todos! Abraços, Shana Conzatti

Receba as novidades, atividades e sorteios em seu e-mail:

comentários

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: