Educa Criança
cuidarem dos materiais

Como ensinar as crianças a cuidarem dos materiais?

Quantas vezes você passou horas montando um jogo ou um cartaz para por na sala de aula e menos de um dia seus alunos destruíram tudo? Isso desmotiva qualquer profissional. Trago algumas dicas que podem ajudar a amenizar essas situações ensinando as crianças a cuidarem dos materiais expostos e confeccionados durante o ano.

Ensinando a cuidarem dos materiais

  1. Adeque sua sala à idade de suas crianças:

Não tente lutar contra a correnteza. Conforme a idade de seus alunos não adianta querer que eles não rasguem objetos entregues a eles ou expostos em sala. Em salas de berçário e maternal procure deixar ao alcance das crianças opções com materiais duráveis, que possam ser levados a boca e manuseadas sem perigo.

Aqueles cartazes ou decoração realizados para datas comemorativas ou para serem fixos na sala, prenda-os de modo que sejam visualizados pelas crianças, mas que elas não possam alcançar sempre que desejarem.

  1. Envolva as crianças na confecção:

Ao envolver os alunos na confecção de cartazes e jogos, além de trazer benefícios pedagógicos, também aumenta a chance de zelo das crianças com esses materiais. Quando percebemos algo como nosso, nós cuidamos mais e não deixamos que outros estraguem.

  1. Ensine respeito pelo trabalho alheio:

Converse sempre que necessário com sua turma sobre a importância de cuidar dos matérias da sala e escola. Fale sobre o fato de se estragaram não vão ter mais aquele material, que a pessoa que fez o material ficará triste se ver algo feito com tanto carinho estragado. Pergunte se eles gostariam de encontrarem seus trabalhos rasgados, como se sentiriam? Incentive sempre o respeito e empatia pelo o quê o outro realizou.

Se algum aluno ou grupo de alunos estragar algum material, seja de sua turma ou de outra que divide a mesma sala, demonstre que ficou chateada com o ocorrido e desafie as crianças a tentarem reparar os estragos. E a pedir desculpa para o dono do material. Quando a criança percebe que seus atos tem consequências para si e para os outros, eles tendem a ter mais cuidado na próxima vez.

  1. Oriente o monitore o uso adequado:

Ao apresentar um novo material confeccionado para sua turma, explique como esse deve ser usado. Quais os cuidados para não estragar as cartelas de um jogo, por exemplo. Se as crianças  percebem como manusear com cuidados tendem a evitar a estragar.

Monitore o uso engando para pequenos grupos por vez ou de modo individual. Quando temos muitas crianças tentando pegar um mesmo objeto é mais comum que puxem ou usem de modo errado e assim estraguem.

Se é  um jogo feito para deixar na sala, guarde-o em um lugar no qual as crianças terão acesso a este quando o professor puder orientar o momento. Ao invés de deixar disponível sempre.

  1. Nem sempre estragar é ruim:

Ao confeccionar um jogo ou cartaz, se o objetivo deste é  ser aproveitado ao máximo pelas crianças, elas podem estragar com o tempo pelo uso constante. E isso é  positivo  para a aprendizagem mesmo que doa um pouco nosso ego de professor que fez aquele material com tanto capricho.

Tire fotos das primeiras interações das crianças com o objeto, assim você garante um registro das aprendizagens para possíveis relatórios para pais e coordenação. Ao mesmo tempo que permitiu que as crianças aproveitassem ao máximo o material.

Espero que as dicas tenham ajudado.

Guia de conteúdos de Ed. Infantil e Fundamental de acordo com a BNCC e Guias com dicas para enfrentar o cotidiano e problemas comuns em sala de aula, AQUI.

Abraços, Shana Conzatti

Receba as novidades, atividades e sorteios em seu e-mail:

comentários

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: