Como trabalhar as 10 competências gerais da BNCC?

A BNCC (Base Nacional Curricular) baseia-se em 10 competências gerais. Isso significa que toda a educação (Infantil, Fundamental e Médio) devem trabalhar sempre com as competências em foco. Cada atividade planejada deve levar em consideração essas 10 competências, nas quais é esperado que um aluno ao sair no final do período de escolarização tenha adquirido essas competências.

As competências tem relação com o que se espera que aquele aluno se torne como cidadão. Deste modo as competências gerais são amplas e possibilitam uma infinidade de alternativas de como iremos incluí-las no cotidiano escolar.

Quais são e como trabalhar as 10 competências gerais?

1. Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

Conceito Básico: Ser capaz de utilizar o conhecimento adquirido em seu cotidiano.

Como trabalhar:

  • Relacionar os conteúdos escolares à questões do cotidiano.
  • Incentivar discussões e pesquisas para resolução de questões sociais e escolares.
  • Proporcionar situações em que o aluno deve argumentar/explicar sobre os mais diversos assuntos.
  • Aproveitar as situações cotidianas de sala de aula para desenvolver o sentido de justiça e inclusão.
  • Propor situações de escolhas (votação ou combinações) sobre aspectos da rotina escolar.

2. Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.

Conceito Básico: Desenvolver o pensamento científico, crítico e criativo.

Como trabalhar:

  • Incentivar trabalhos de pesquisa de assuntos variados.
  • Propor situações de discussão sobre pontos diferentes, após confirmando as resposta em uma fonte segura (artigo científico, enciclopédia, dicionário, livros, wikipédia…)
  • Permitir que os alunos façam questionamentos e vão em busca de suas respostas.
  • Desenvolver problemas lógicos.
  • Produções textuais de opinião sobre diversos assuntos.

3. Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural.

Conceito Básico: Repertório Cultural

Como trabalhar:

  • Atividades sobre diversidade e respeito à diferentes culturas.
  • Apresentações e festividades regionais.
  • Música, dança e modos de vida de outras culturas.
  • Pesquisas sobre os povos integrantes da comunidade.
  • Conhecer histórias familiares (sobre ancestralidades).
  • Contos e lendas do folclores Brasileiro, Indígeno, Quilombola….

4. Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital –, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos e produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.

Conceito Básico: Comunicar-se em diferentes situações e modos.

Como trabalhar:

  • Situações que envolvam as diferentes linguagens.
  • Defender seu ponto de vista ou explicar algo oralmente, pela escrita, desenho, gráficos…
  • Propor brincadeiras de faz de conta e/ou produção teatral.
  • Desenvolver trabalhos sobre a expressão dos sentimentos.
  • Conhecer os diferentes gêneros textuais.

5. Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

Conteúdo Básico: Mídias Digitais

Como trabalhar:

  • Propor atividades de pesquisa e escrita através da internet ou programas de computador.
  • Trazer discussões ou conteúdos para dentro da sala de aula com ajuda de vídeos, textos, músicas, jogos, apps presentes no mundo digital. (Confira nosso grupo com dicas de material das mídias digitais para professores, AQUI.)
  • Utilizar as mídias digitais como auxiliar da educação.
  • Propor discussões sobre os usos das mídias e redes sociais.
  • Criar grupos de discussão virtual com a turma ou escola sobre assuntos específicos.
  • Propor atividades em que os alunos devem expressar-se através da tecnologia (tirar fotos, criar sites, criar memes, gravar vídeos…)

6. Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.

Conceito Básico: Cidadania e Vida.

Como trabalhar:

  • Desenvolver situações em que o aluno precise pensar sobre o quê é cidadania.
  • Atividades e reflexão sobre profissões e como o trabalho influencia os modos de vida.
  • Produções textuais e discussões sobre valores e projetos de vida.
  • Atividades sobre respeito mútuo, gentileza, autonomia.
  • Desenvolver a consciência crítica sobre assuntos diversos.
  • Trabalhar direitos e deveres, responsabilidades.

7. Argumentar com base em fatos, dados e informações confiáveis, para formular, negociar e defender ideias, pontos de vista e decisões comuns que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável em âmbito local, regional e global, com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta.

Conceito Básico: Respeito ao próximo e meio-ambiente

Como trabalhar:

  • Atividades de cuidado com o meio-ambiente (reciclagem, combate á poluição, desperdício da água, respeito aos animais…).
  • Propor discussões, textos, teatros sobre a desigualdade social, propondo soluções.
  • Atividades sobre os marcos dos direitos humanos (discussões e pesquisas).
  • Desenvolver no cotidiano práticas que valorizem a ética e o respeito ao próximo.

8. Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, compreendendo- se na diversidade humana e reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e capacidade para lidar com elas.

Conceito Básico: Conhecer-se e autocuidado.

Como trabalhar:

  • Desenvolver atividades sobre higiene e cuidados pessoais.
  • Proporcionar atividades de autoconhecimento (gráficos de preferências, redações sobre si, história do nome, projetos sobre identidade…)
  • Atividades de bem-estar físico e emocional.

9. Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.

Conceitos Básicos: Empatia e cooperação

Como Trabalhar:

  • Atividades cotidianas de aprendizado de lidar com a frustração (saber esperar sua vez, dialogar diante de conflitos, compartilhar materiais…)
  • Atividades cotidianas de cuidado com o ambiente (não estragar materiais coletivos, ajudar a organizar….)
  • Desenvolver o respeito às diferenças.
  • Atividades e brincadeiras que visem a cooperação entre as pessoas.
  • Desenvolver atividades cotidianas em que os alunos precisem se por no lugar do outro para conseguir resolver problemas.

10. Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

Conceito Básico: Autonomia responsável.

Como trabalhar:

  • Atividades cotidianas que incentivem as escolhas e autonomia.
  • Discussão sobre responsabilidade (cada um é responsável por seus atos).
  • Estabelecer regras no cotidiano visando que as ações tem reações.
  • Fazer um apanhado das outras competências visando a necessidade de sermos éticos, democráticos, inclusivos…. ao tomarmos decisões.

Trouxe algumas ideias de como trabalhar as competências, colocando-as naturalmente no cotidiano escolar, em projetos ou atividades. Mas existe muitas outras possibilidades de trabalho. Que tal deixar nos comentários mais algumas ideias de trabalho para ajudar outros professores?

Confira nosso guia de conteúdos de acordo com a BNCC para montar seu planejamento na Educação Infantil. AQUI.

Abraços, Shana Conzatti

Receba as novidades, atividades e sorteios em seu e-mail:

comentários

Compartilhe sua prática! Amamos comentários!