Educa Criança
Experiência com balança

Experiência com balança: Qual é o objeto mais pesado?

Essa experiência com balança feita na sala de aula é uma boa estratégia para trabalhar conceitos matemáticos de pesos, medidas, tamanhos e tipos de materiais.  Atividade pertinente para crianças a partir de 3 anos até o Ensino Fundamental.

Experiência com balança: Qual é o objeto mais pesado?

Material:

  • Objetos de diferentes pesos (peças de jogos, brinquedos ou materiais escolares),
  • uma balança construída usando um cabide, dois cordões de mesmo tamanho e dois baldes como na imagem

Experiência com balança

1. Introdução da atividade: Convide as crianças a escolherem um objeto da sala de aula e trazerem para sentarem juntamente com o grupo em roda. Questione o motivo de terem escolhido cada objeto, aproveite para incentivá-los a falarem sobre as características dos objetos (cores, tamanhos, texturas…) Então introduza o tema da atividades: Questione-as se elas conseguem descobrir qual o objeto entre aqueles é o mais pesado?

2. Levantando hipóteses: Ouça as hipóteses levantadas pelas crianças de qual o objeto é o mais pesado, e observe quais estratégias elas irão usar para descobrir. Deixe que troquem os objetos e testem qual é o mais pesado. Vá desafiando-as a chegarem em um consenso sobre o mais pesado.  Ao perceberem ser difícil, questione-as se elas sabem maneiras de terem certeza sobre a resposta. Se alguma criança comentar sobre a balança, aproveite a chance para conversar sobre a função da balança. Se não chegarem a essa conclusão, proponha você o assunto. Agora convide seus alunos a ajudarem a montar a balança com os baldinhos, e pendure-a de modo que os baldinhos fiquem em um mesmo nível (a balança pode ser pendurada na maçaneta de uma porta).

3.Testando as hipóteses: Com a balança pronta, é hora de testarem suas hipóteses de qual era o objeto mais pesado. Deixe que as crianças façam suas experiências colocando um objeto em cada balde para constatar qual é o mais pesado. Ajude as crianças a irem descartando os objetos mais leves e fazerem novos testes, até descobrirem o objeto mais pesado. Quando chegarem a uma conclusão unânime, volte a sentar com as crianças em roda. Questione se elas pensaram que era aquele objeto que seria o mais pesado, ou outros e por quê. As crianças podem ter pensado que o mais pesado era o maior entre os objetos, ou devido a forma de tal objeto. Ouça as crianças e converse sobre suas novas descobertas, que nem sempre o maior é o mais pesado, etc…

4. Para Finalizar: Ainda em roda, questione-as quando no cotidiano usamos os peso dos objetos. E por qual motivo precisamos saber o peso de algo. Ajude-as perceberem os acontecimentos ao seu redor como pesar alimentos no mercado, se pesarem ao irem ao médico… Ao finalizar da conversa, como forma de registrar as aprendizagens, proponha que cada criança desenhe em uma folha a experiência realizada. Deixe-as se expressarem por desenhos como acharem que melhor representa a aprendizagem vivenciada, ou baixe a folha de registro, AQUI.

Com crianças das séries iniciais pode-se trabalhar com estimativas de peso, por exemplo, colocar em um balde algo que saibamos que tem 1kg, para fazer comparações de os outros objetos tem mais ou menos que 1kg. Podendo colocar dois objetos com 1kg e ver quantos outros objetos são preciso serem colocados para ficar com peso semelhante. Para trabalhar mais detalhadamente com os pesos, use embalagens de alimentos encontrados na cozinha da escola para poder fazer os cálculos de modo mais precisos.

Gostaram da experiência? Os meus alunos amaram.

Planos de aula e Projetos variados para Educação Infantil e Ensino Fundamental I com atividades incríveis e atualizadas para a BNCC, AQUI.

Abraços, Shana Conzatti.

Receba as novidades, atividades e sorteios em seu e-mail:

https://www.planosdeaulaeprojetos.com.br/

comentários

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: