Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Educa Criança

12 brincadeiras Juninas tradicionais para fazer na escola

 

Fiz uma seleção de algumas brincadeiras Juninas tradicionais para trabalhar na escola e ensinar sobre nossa cultura. Essas brincadeiras podem ser feitas durante momentos lúdicos da rotina de Junho/Julho, durante as festividades Juninas ou em qualquer outro momento no qual estejamos trabalhando a motricidade ampla e fina com nossos alunos.

As brincadeiras propostas são melhor desenvolvidas com crianças a parir dos 3 anos até a adolescência. Mas com algumas adaptações podem ser realizadas com crianças menores, basta você ficar atenta as capacidades da sua turma.

1. Quebra pote:

Objetivos: Coordenação motora, força, noção espacial, trabalhar os sentidos além da visão, cooperação.

Como brincar: Enche-se um pote (feito com papel machê, veja passo a passo) com doces ou brindes de festa e amarra-se o pote por um cordão no teto. Uma criança por vez tem os olhos vendados e lhe entregam um cabo de vassoura. A criança com os olhos vendados tem que tentar acertar o pote e estourá-lo. Se conseguir todas as crianças correm para pegar as surpresas de dentro do pote, se não conseguir outra criança tenta quebrar até que uma consiga. Essa é uma brincadeira tradicional do Norte e Nordeste do país e sua versão original é com potes de cerâmica.

Antes de iniciar a brincadeira reforce com seus alunos que as surpresas dentro do pote devem ser divididas entra todos, não adianta uma criança pegar tudo. E quando as crianças pegarem as surpresas, incentive que aqueles que pegaram mais divida um pouco com os que pegaram menos. Tome cuidado para manter as crianças longe de quem está com o pau para não haver acidentes. Pode-se fazer vários potes menores para serem estourados, assim mais crianças tem a chance de participar.

2. Corrida dos três pés:

Objetivos: agilidade, equilíbrio, cooperação em dupla, atenção aos movimentos

Como brincar: Essa é uma corrida em duplas, para realizá-la amarre o tornozelo de uma criança ou da outra. Assim as crianças devem fazer o percurso indicado em dupla. Pode-se fazer várias duplas ao mesmo tempo saírem da linha de chegada ou fazer duas duplas por vez.

Para crianças pequenas diga para fazerem o percurso andando, e que não importa quem chega primeiro e sim quem consegue fazer todo o percurso. Faça um caminho sinuosos pelo qual as crianças devam seguir.

3. Corrida no saco:

Objetivos: equilíbrio, pular em dois pés, agilidade, coordenação dos movimentos.

Como brincar: Cada criança deve entrar dentro de um saco (utilize aqueles de guardar grãos), segurar o saco até a cintura e tentar alcançar o fim do percurso pulando dentro do saco.

4. Corrida do ovo:

Objetivos: coordenação de força, equilíbrio, cooperação, coordenação da viso-motora

Como brincar:Fazer um caminho segurando uma colher com um ovo, sem deixar o ovo cair. Se não deseja sujeira utilize ovos cozidos ou bolinhas de isopor. Para as crianças pequenas deixe que façam a corrida segurando a colher com as mãos, para os de 5 anos em diante eles devem segurar a colher com a boca. Uma variação dessa brincadeira é fazer um círculo no qual todas as crianças estão com as colheres na boca, e devem passar um ovo de colher em colher sem deixar cair, trabalhando a cooperação.

5. Corrida do milho:

Objetivos: Motricidade fina, movimento de pinça, atenção e concentração, controle da força muscular, agilidade, equilíbrio fino.

Como brincar: Organize dois grupos de mesas. Em uma mesa coloque uma tigela vazia e na outra uma cheia com grãos de milho. Cada dupla deve levar os milhos da tigela cheia até a vazia. Ganha quem conseguir fazer o percurso mais rápido. Para transportar os milhos utilize uma colher bem pequena de café ou prendedores de roupas para as crianças maiores de 6 anos.

6. Bacia de maçãs:

Objetivos: coordenação viso-motora, noção de localização, equilíbrio, controle da respiração.

Como brincar: Coloque maçãs em uma bacia com água. Duas crianças por vez, devem tentar pegar uma maçã com a boca. Ganha quem conseguir tirar a maçã da água. Essa é uma forma tradicional de fazer a brincadeira. Mas para evitar perigos com a água pode-se pendurar as maçãs em um cordão e cada criança deve tentar comê-la pendurada sem colocar as mãos. Deixe uma maçã por criança. Depois de um tempo, ganha quem conseguiu comer mais da maçã.

7. Dança da laranja:

Objetivos: ritmo, coordenação em pares, desenvoltura, desenvolvimento de movimentos de dança, equilíbrio, concentração.

Como brincar: Organize a turma em pares, cada par receberá uma laranja. As crianças devem dançar as músicas juninas em pares com a laranja presa entre suas testas. Os pares que vão deixando cair a laranja vão saindo da dança até que sobre apenas duas crianças. Depois pode-se refazer a brincadeira com a laranja presa nas barrigas ou com os pés.

8. Rabo no burro:

Objetivos: noção espacial, coordenação motora, atenção e concentração.

Como brincar: Desenhe um burro sem rabo em uma cartolina e prenda em um isopor, deixe as crianças pintarem. Cole o isopor na parede na altura do rosto das crianças. Cubra os olhos de uma criança por vez e entregue um cordão (o rabo do burro) com um alfinete na ponta para a criança tentar espetar o rabo no lugar certo. Para crianças menores faça o molde de um rabinho com papel e prenda uma fita dupla face na ponta ao invés do alfinete.

9. Pula Fogueira:

Objetivos: Coordenação motora amplas de pular e correr, equilíbrio, agilidade.

Como brincar: Construa com as crianças uma fogueira baixa de papel celofane ou crepom. A brincadeira consiste em uma criança após a outra pular sobre a “fogueira” sem cair ou deixar essa encostar em suas roupas ou membros.

10. Cabo de guerra:

Objetivos: controle de força, trabalho em equipe, equilíbrio, perseverança.

Como brincar: Divida as crianças em dois grupos e entregue uma corda grossa e comprida, pode ser feita com tecidos bem amarrados para não arranhar os dedos). Faça uma linha no chão e coloque cada grupo de um lado desta. Cada grupo puxa em sentido contrário a corda tentando trazer o outro grupo para seu lado. Ganha o grupo que conseguir fazer todos os integrantes do outro grupo passarem pela linha feita no chão.

11. Corrida dos sapatos:

Objetivos: atenção, percepção de detalhes, reconhecimento de seus objetos, motricidade fina, agilidade.

Como brincar: Todas as crianças retiram seus sapatos e os colocam em um lugar distante. A professora embaralha todos os sapatos e ao dar o sinal as crianças devem correr até a pilha, encontrar seus sapatos e colocar de modo correto. Ganha quem colocar primeiro seu sapato.

Para uma competição justa separe as crianças em pequenos grupos de acordo com a dificuldade dos sapatos serem calçados (se é chinelo, tênis, sandálias).

12. Dança do chapéu:

Objetivos: atenção, coordenação motora, percepção visual, ritmo, repertório musical e trava-línguas, desenvoltura.

Como brincar: Coloque as crianças em círculo e deixe uma música junina tocando, entregue um chapéu de palha para uma criança. Enquanto as crianças dançam uma vai colocando o chapéu na cabeça da outra, quando a música parar a criança que está com o chapéu na cabeça deve cantar um música infantil ou dizer um trava-línguas. Pra então a dança recomeçar.

Planos de duas semanas lúdicos e alinhados à BNCC para Educação Infantil, AQUI.

Abraços, Shana Conzatti.

Receba as novidades, atividades e sorteios em seu e-mail:

https://www.planosdeaulaeprojetos.com.br/

comentários

Deixe um comentário:

%d blogueiros gostam disto: